O homem que chorava

Uma lição de vida revelada no Caminho de Santiago da Compostela

Mademoiselle Zaira

Versão impressa, disponível para venda direto pelo site. R$ 29,00

 

COMPRAR
Natureza Clandestina

O primeiro livro do autor foi publicado em Cascavel em 1987.

Digital Mademoiselle Zaira

Capa do livro Mademoiselle Zaira em versão digital

Apenas R$ 4,90 (promoção)

COMPRAR

POSTs

Pense com o coração e viva com amor


A nossa causa é exatamente essa: viver com amor e ajudar a espalhar este sentimento transformador. A intenção deste Blog é contagiar, todas e todos, com conteúdo que fale, sem medo, sobre o amor. Vamos abordar o amor de todas as formas: muito além do relacionamento entre duas pessoas, embora, este seja o principal foco. O amor está em todo lugar e deve estar em todas as pessoas; na família, na amizade, na profissão, na espiritualidade, no hobby e claro, a dois, para fechar com a chave da felicidade.

Pode apostar, se a vida em nosso cotidiano não tem sido fácil, imagine viver o dia a dia sem amor, por isso, pense com o coração, relaxe mais, sinta mais e viva com mais intensidade cada momento de sua vida. Sempre existirão tempos difíceis e, com uma dose de amor em sua alma, tudo vai parecer possível.

Portanto, procure entender e respeitar seus sentimentos. Conhecer a si mesma (o) é fundamental. Não tenha medo de ser quem você é. Afaste-se de tudo que te impede de ser feliz, que te corrompe, que te sufoca, que te atrasa. Inicie um relacionamento sério com você mesma e viva com amor. Ter amor-próprio não significa ser egoísta, pelo contrário, é valorizar-se e ter autoconfiança, para depois sim, saber e poder somar com outra pessoa ou com os outros, as suas realizações e conquistas. Pense sempre em você sem peso na consciência.

Assim, se imagine estando bem com você, se sentindo o máximo, com certeza num relacionamento a dois, as coisas vão se encaixar perfeitamente. E acredite, você vai passar pelo romântico processo do olhar cuidadoso e da percepção de detalhes no outro, quando iniciar uma conversa, seja no primeiro encontro ou nos demais, com o seu possível e futuro amor. O amor a dois, você já ouviu, viu e conhece muitas histórias sobre isso, então, por que será tão difícil para uns, chegar a essa receita, essa fórmula? Simples, primeiro, buscar esse amor-próprio vasculhando a sua vida e seus sentimentos. Questionando e priorizando aquilo que te faz bem.

Comece a pensar com o coração e se olhe profundamente no espelho. Aí, nesse seu relacionamento com você mesma, avalie o que você gosta de fazer, de comer, de ler, de ouvir, de conversar, de passear, de dançar, de festejar, enfim, tudo do que possa produzir algo positivo em você. Depois, procure comparar isso com as características negativas e analise o que pode ser melhorado. Procure entender e respeitar seus sentimentos e clarear sua mente. Vale repetir: conhecer-se é fundamental. Não tenha medo de ser quem você é. Essa passagem por aqui, curta é de constante evolução.

Autoconhecimento é essencial para uma vida saudável. Acredite em você. Quais são seus objetivos? Sonhos? Não tenha medo de tentar realizá-los. Qual é o primeiro passo? O primeiro passo é acreditar que você pode! Não se preocupe com fracassos, ninguém chegou ao sucesso, ao amor verdadeiro, na primeira empreitada. Tudo tem um processo que em determinado momento tem seu desgaste natural, senão, que graça teria viver sem os desafios e as incertezas? Então, você é o que você pensa, mas pense com o coração e puxe da alma toda força necessária para viver com dignidade e amor em sua vida. Tudo terá um sabor diferente.

Pense! Você já é uma vencedora, sabia? Você já venceu a maior batalha que o ser humano poderia enfrentar – A Batalhada da Vida. Você conquistou seu lugar no mundo quando foi mais rápida que os outros milhões de espermatozoides. Nessa situação você não teve tempo para ter medo, simplesmente focou e atingiu o objetivo: VIVER.

Agora que está aqui, chegou a hora de valorizar o bem mais precioso que alguém poderia receber – A VIDA, e melhor do que viver é Viver com Amor. Não estamos falando em SOBREVIVER, mas em valorizar o seu dia a dia e suas relações com o próximo.

         Se você tem uma crença, não importa, mesmo que você não fale em Deus ou seja lá como você conceba isso, o importante é ter a sua fé, a sua espiritualidade, busque sempre o seu bem-estar, pois a paz de espírito ninguém nos rouba e isso nos dá uma sensação de felicidade total. Todos os caminhos de uma fé humanitária leva ao bem estar comum.

         Tenha tempo para curtir e valorizar a família, afinal é nosso berço. Ainda que em todos os lugares existam diferenças, rompimentos, o sangue é um elo de amor incondicional e o esteio da família é nosso lar no mundo. Quando for preciso, deixe orgulho de lado, perdoa e seja perdoado, mesmo que você se sinta injustiçado, no final, o amor nos revela pequenas coisas e causas que nunca nos damos conta. E vida, por conta do tempo nos prega peças que, essa percepção pode ser tarde quando perdemos um ente querido da família. Não guarde mágoas nem rancor, tudo isso só faz retardar os bons momentos que o tempo nos rouba. Família, ainda é um valor inestimável neste mundo moderno.

         Tenha amor em sua profissão, ainda que não seja a que você escolheu por desejo e aptidão. Tudo está em evolução, faça o seu melhor até que consiga chegar naquilo que sempre quis. Afinal você está sendo recompensado para determinadas tarefas e trabalhos, seja digno e valorize suas oportunidades.

         Se você não consegue encontrar um tempo para lazer, ter o seu hobby, ache ainda hoje. Amanhã pode ser tarde. Relaxe, veja o que te dá prazer fora do horário de trabalho, dos afazeres domésticos e divirta-se: seja numa modalidade específica e individual, seja com um filho, com o marido (esposa), com amigos, enfim, tenha seu tempo livre pra viver e brincar, usufruir das suas conquistas, pois esse deve ser um deus seus troféus na vida.

         Faça a vida valer a pena, faça a diferença e seja diferente a cada dia. Procure evoluir um passo de cada vez e verá que tudo faz mais sentido, tudo fica mais bonito e colorido. Tenha humor, viva com amor e humor, brinque, converse, cante, dance, sonhe, aprenda e desaprenda também, pois muito do que nos ensinaram na infância, não serve para os dias de hoje. O mundo muda constantemente, tudo evolui e nós estamos aqui porque merecemos e temos a obrigação de ser felizes.

        

 

 

 

 

 

Conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

X